Projeto de Reforma e Modernização da UHE São Simão é apresentado à comunidade

A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) e o Consórcio Modernizador da Usina de São Simão (CMUSS) – formado pela Alstom, Camargo Corrêa e Orteng acabam de  realizar reuniões com lideranças comunitárias dos municípios de São Simão (GO) e Santa Vitória (MG). O objetivo foi divulgar e esclarecer dúvidas sobre o Projeto de Reforma e Modernização da hidrelétrica, cuja mobilização terá início em março.

O público de São Simão foi recebido no auditório da UHE São Simão e os representantes de Santa Vitória se reuniram na Câmara Municipal. Estiveram presentes aproximadamente 70 pessoas, entre autoridades políticas, líderes religiosos, polícia militar, representantes do comércio e de instituições públicas.

A Camargo Corrêa será responsável pela execução das atividades de reforma. O gerente de Montagem Fábio Ferraresi, representando a Construtora, esclareceu dúvidas referentes à contratação de mão de obra e compra de materiais. "Acredito que essa aproximação da empresa com a comunidade facilita o andamento da obra e mostra a transparência de nossos processos", comenta.

Segundo o Prefeito de São Simão, Francisco de Assis Peixoto, a expectativa da população é boa. "Como nos últimos anos nós passamos por grandes mudanças na região, com grandes obras, a expectativa da população como um todo, em relação a mais um empreendimento de modernização para a região, é positiva".

Prefeito de São Simão, Francisco de Assis Peixoto, agradece a Cemig e ao Consórcio pelos esclarecimentos à comunidade.

Saiba mais sobre o projeto de Reforma e Modernização da UHE São Simão

Em operação desde 1978, a Usina de São Simão está localizada no Rio Paranaíba, entre Minas Gerais e Goiás, possui seis unidades geradoras e a maior potência instalada entre as hidrelétricas da Cemig (1.710 MW). Este projeto prevê a reforma e modernização das seis unidades geradoras da usina e parte da Subestação 500 KV, utilizando tecnologia atualizada para manter a operação segura, contínua e de qualidade. A parada da primeira unidade geradora será em outubro de 2012.


08/02/2012
Compartilhar